Colesterol Elevado


CUIDADOS NUTRICIONAIS NO TRATAMENTO DO COLESTEROL ELEVADO

O que é colesterol?

O colesterol é uma substância lipídica que pode ser encontrada tanto na carne de animais e seus derivados (colesterol exógeno) como sintetizado no nosso organismo pelo fígado (colesterol endógeno). Quando temos excesso de colesterol no sangue nosso risco de desenvolver doenças do coração é aumentado.

Os dois componentes mais importantes do colesterol são chamados LDL, ou “colesterol ruim” e HDL, ou “colesterol bom”.

O grande objetivo no tratamento dietético do colesterol é baixar o colesterol LDL do sangue e aumentar o HDL.

Para reduzir o colesterol - ORIENTAÇÕES GERAIS

1) Diminuir consideravelmente o consumo de alimentos ricos em colesterol e gordura saturada:

  • Frituras, gema de ovo, maionese, margarina;
  • Carnes gordas e embutidos (picanha, cupim, lingüiça, bacon, vísceras, presunto, copa, salame, mortadela, bacon, toucinho, banha, pele de frango, gordura aparente das carnes);
  • Frutos do Mar (camarão e lagosta);
  • Leite e derivados integrais, (sorvetes de massa, chantilly, queijos amarelos, catupiry, requeijão, manteiga);
  • Leite e a carne do coco (a água de coco está liberada), azeite de dendê e manteiga de cacau (chocolate em barra).


2) Evitar o consumo excessivo de café, principalmente o expresso e o “moca”.
O grão do café tem substâncias lipídicas (cafestol e kaweol), que estimulam a produção de LDL. A opção menos prejudicial é café coado ou café solúvel.


3) Tenha uma alimentação rica em fibra:
  • Frutas;
  • Legumes e Verduras, de preferência crus (folhas verdes, cenoura, beterraba, tomate, pepino...);
  • Grãos integrais (pão integral, arroz integral, granola);
  • Leguminosas (feijão, ervilha, grão-de-bico, lentilha).


4) Consumir gordura de boa qualidade, (bom para abaixar o LDL e aumentar o HDL).
  • Óleos vegetais em temperatura ambiente (azeite virgem, óleo de soja, canola e girassol), CUIDADO COM AS QUANTIDADES;
  • Peixes de água fria (cavala, truta, salmão, bacalhau);
  • Oleaginosas (nozes e amêndoas).
  • Modere o consumo de castanha-do-pará, castanha-de-caju e pistache.


5) Fazer atividade física, o exercício físico estimula o aumento de bom colesterol, HDL.

Boa Conduta
  • Não deixar de fazer nenhuma refeição (café da manhã, almoço e jantar e os lanches nos intervalos);
  • Consumir no máximo 3 gemas de ovos por semana (incluindo preparações);
  • Preparar o frango, peru e peixe sem a pele e as carnes sem a gordura aparente;
  • Usar sempre óleo de soja, milho, girassol, canola e azeite no lugar da manteiga, banha, toucinho, etc, mas em pouca quantidade;
  • Consumir leite e iogurte desnatado, queijo branco, cottage ou ricota;
  • Consumir frituras no máximo 1 vez por semana, e nunca reutilizar o óleo;
  • Consumir frutas e hortaliças à vontade;
  • Consumir leguminosas (feijão, lentilha) pelo menos 1 vez por dia;
  • Preparar os alimentos cozidos, assados, grelhados ou refogados sempre com pouco óleo;
  • Beber no máximo 1 café expresso por dia;
  • Consumir bebidas alcoólicas no máximo 1 vez na semana, com moderação;
  • Tentar reduzir a quantidade de colesterol que consome diariamente. Limite-se a consumir de 250 a 300mg de colesterol por dia. Leia a quantidade de gordura e colesterol no rótulo dos produtos industrializados (American Heart Association).
  • Importante beber água, no mínimo 2 litros.